Skip to main content

Aplicação Nucleus® Smart: Rastreador auditivo


Os Processadores de som Nucleus 7 e Kanso 2 verificam de forma constante o ambiente sonoro e são capazes de determinar quando alguém está a falar. Os gráficos no ecrã "Tempo de fala" monitorizam o tempo passado num ambiente com pessoas a falar. Se utilizar um acessório de transmissão (por exemplo, um iPhone compatível), esse tempo também é calculado e somado ao total de "Tempo de fala".

O tempo passado num ambiente sonoro está correlacionado com o progresso da sua jornada auditiva. O objetivo do "Tempo de fala" é diferente para cada pessoa e depende da idade, da família, das situações de trabalho e de onde se encontra na sua jornada. Uma boa forma de começar é monitorizando o seu "Tempo de fala" durante aproximadamente uma semana e depois definir um objetivo ligeiramente maior e ver se consegue melhorar.

As sugestões apresentadas na aplicação Nucleus Smart podem ajudar a aumentar o seu "Tempo de fala".


Quando a bobina do Processador de som Nucleus 7 ou do Processador de som Kanso 2 é desligada do implante, tal intitula-se de "Interrupção da bobina". O termo "Interrupções da bobina" refere-se ao número de vezes que o processador de som é desligado num determinado dia, deliberadamente (por exemplo, ao mudar de roupa ou ao tomar banho), mas também em situações em que a bobina ou o processador de som foi desligado acidentalmente (ou seja, retirado acidentalmente). Também pode ser registada uma "Interrupção da bobina" se se verificar algum problema com o cabo da bobina do Processador de som Nucleus 7.

O número de "Interrupções da bobina" varia por pessoa, uma vez que depende do seu estilo de vida. É boa ideia estabelecer o seu próprio ponto de referência. Pode usar o número médio de "Interrupções da bobina" por semana para perceber o que é normal para si ou para o seu filho. Em alternativa, pode registar o número de "Interrupções da bobina" num dia, quando tiver a certeza de que não se verificaram "Interrupções da bobina" não intencionais ou que o seu número foi mínimo. Pode utilizar este ponto de referência para determinar se o número de "Interrupções da bobina" que verifica é superior ao habitual.

As sugestões apresentadas na aplicação Nucleus Smart podem ajudar a reduzir o número de "Interrupções da bobina" que experiencia.


A ligação entre o seu Processador de som Nucleus 7 ou Kanso 2 e o seu dispositivo Apple compatível parece ter sido perdida, por isso não foram recolhidos dados suficientes durante esse período.

Para evitar que isto aconteça no futuro, certifique-se de que tanto o iPhone ou iPod touch compatível como o processador de som estão ligados, o Bluetooth® está ativado e o dispositivo Apple compatível está por perto (pelo menos uma vez de manhã e outra à noite).

Tenha em atenção que, para a recolha de dados, a aplicação Nucleus Smart tem de estar em execução, mas não necessariamente ativa em primeiro plano.


Não. Basta certificar-se de que o dispositivo Apple compatível e o(s) Processador(es) de som Nucleus 7 ou Kanso 2 estão ligados, próximos um do outro regularmente (pelo menos uma vez de manhã e outra à noite), que o Bluetooth está ativado e que a aplicação Nucleus Smart está a ser executada no dispositivo Apple compatível.


Não. A sua privacidade é importante para nós. Os Processadores de som Nucleus 7 e Kanso 2 verificam o ambiente e detetam a fala, mas não gravam o áudio.


O ForwardFocus é uma funcionalidade de controlo ativada pelo utilizador que lhe permite ouvir melhor em ambientes que dificultam a audição. Pode ser ativado ou desativado no separador "Programa" da aplicação Nucleus Smart.

Quando ativado, o ForwardFocus reduz qualquer ruído existente atrás de si, para que possa ouvir melhor a pessoa que está a falar à sua frente. Basta ativá-lo em ambientes onde pretende concentrar-se em alguém que está a falar à sua frente e desativá-lo quando não for necessário, por exemplo num ambiente silencioso.

O ForwardFocus tem de ser ativado pelo seu profissional de audição. Contacte a Cochlear ou o seu profissional de saúde auditiva para obter mais informações.


A sincronização de dados é uma funcionalidade da aplicação Nucleus Smart que permite que os dados do seu processador de som sejam sincronizados com a Cochlear Cloud.

Se a sincronização de dados for ativada, os dados do seu rastreador auditivo serão copiados e consolidados a partir de todos os dispositivos através dos quais tenham sido obtidos dados. Isto significa que, se perder o seu telefone, os seus dados não serão perdidos se iniciar sessão a partir de outro dispositivo.


Ao emparelhar o seu processador de som com a aplicação Nucleus Smart, ser-lhe-á solicitado se pretende ativar a sincronização de dados. Se ativar a funcionalidade de sincronização de dados, os dados do seu rastreador auditivo são sincronizados com a Cochlear Cloud. Se a sincronização de dados não for ativada, os dados do rastreador auditivo só são armazenados no seu dispositivo e não serão sincronizados.